engenharia genética

segunda-feira, março 27, 2006

Alimentos Transgênicos: Não seja cobaia!


O rápido crescimento da indústria de engenharia genética trouxe à tona sérios questionamentos sobre o desenvolvimento de espécies e o futuro da vida.
Organismos antes inexistentes na natureza estão sendo desenvolvidos em laboratórios. Genes de peixes foram postos em tomates; genes de bactérias e animais foram introduzidos em plantas. Companhias multinacionais têm desenvolvidos variedades de plantas dependentes de suas marcas de pesticidas e herbicidas exclusivamente para aumentar os lucros. Com as patentes de novas formas de vida, interesses provados estão tentando avançar milhões de anos de evolução e hidridização natural, cujas conseqüências são desconhecidas e potencialmente perigosas.
O Greenpeace trabalha em todo o mundo – com fazendeiros, cooperativas, cientistas, chefes de cozinha e uma grande variedade de organizações – para alertar os consumidores sobre os perigos da engenharia genética no campo da alimentação e sobre o meio ambiente. Por exemplo, alguns organismos modificados geneticamente incluem genes de vírus que poderiam levar ao surgimento de novas doenças.